30 de mai de 2010

Blá blá blá e reflexão

Senhoras e senhores, essa semana eu tinha em mente colocar uma poesia ou um texto sobre o cinema. Infelizmente, o meu processo criativo é muito curioso, vocês se lembram dos 90% de transpiração e 10% de inspiração? Bullshit! Eu não funciono assim, apesar de achar que a transpiração é importante, eu preciso de inspiração. E o azar é que por motivo de forças maiores os momentos em que tenho maior vontade de escrever eu não estou diante de um computador e também a atmosfera não anda muito propícia já que dois computadores aqui de casa estão fora de uso e só posso usar o do quarto dos meus pais. Gosto de escrever sozinho e com total concentração, além de precisar estar em um estado de catarse total com o texto, em que eu realmente o sinta nascendo. Não, o ambiente não me favorece, logo não tive a coragem de escrever os textos que gostaria de publicar. Porém, vos deixo aqui uma curiosa reflexão que tive há alguns dias:

"A publicidade está para a arte assim como o stand-up comedy está para o teatro e Hollywood está para o cinema."

Não, não tenho pretensão de me explicar. Está tudo escrito acima.

4 comentários:

Roberto disse...

A frase é sensacional, cara! Você disse bem, está tudo escrito aí acima.


Só acrescentaria "e o computador está para a computação" :P

Vitor disse...

Em minha opinião, você está completamente errado.

Primeiro, nem toda a publicidade é arte (aliás, grande parte não é), enquanto stand-up e hollywood certamente estão 100% dentro das categorias teatro e cinema.

Segundo, Hollywood é o tipo de cinema em que os elementos cênicos (efeitos especiais, trilha sonora, figurino etc) estão acima da acima da interpretação dos atores e do roteiro. No stand up comedy, é justamente o contrário. Hollywood está para o cinema assim como os musicais da Broadway estão para o teatro. O exemplo mais próximo de stand up no cinema seria, obviamente, o Woody Allen; mas há outros, como Antes do Amanhecer / Por do Sol.

Passou muito longe nessa...

abraços

Flávio disse...

Discordo de você e discordo de sua interpretação do meu texto. Você fez uma interpretação diferente do que eu pretendia dizer. Foquei no aspecto comercial. A publicidade é uma forma de arte extremamente comercial (e sim é arte, me explique melhor quando ela não é arte? Aliás, me defina o que é arte...), a publicidade é a arte da comunicação utilizada comercialmente, Hollywood é a mesma coisa do cinema, é a sétima arte utilizada com fins extremamente comerciais e, finalmente, o stand up segue a linha, é o teatro (alguns artistas se recusam a dizer que o stand up é teatro) com fins comerciais. Discordo plenamente da sua comparação de stand up com Woody Allen, você está certo em dizer que W.A utiliza-se de técnicas de Stand Up mas o Stand Up é apenas diversão sem grandes pretensões poéticas, filosóficas, ideológicas ou artísticas e W.A desculpa, mas vai muito além disso. A minha comparação foi feita pela a essência que está em cada tipo de arte e não em técnicas utilizadas. E diferente do que você disse de mim, não excluo a pub. de arte, Hollywood de cinema e Stand Up do teatro. Acho que todos se equivalem, são comerciais, mas são formas de arte.

érica disse...

Eu concordo com o Vituxô em número e grau. Gênero não, por favor.