18 de dez de 2007

Nunca mais

Nunca mais (Quoth the raven: Never more)


Nunca mais eu me pinto,
Com esmero feminino
Para te dizer quem sou.

Nunca mais te escrevo,
Cartas do meu íntimo
Te jurando pudor.

Nunca mais te perdôo,
Com lágrimas nos olhos
E no rosto, um rubor.

Nunca mais eu te verso
Nem por outros versos
Para acalentar minha dor...

Nem mais desespero
Só porque eu te quero
Ébrio de amor...

12 comentários:

Bruh disse...

Never more, never more.
Tantas e tantas coisas eu já prometi never more. E funciona? xD

Má disse...

Tu és o cara,né,Flávio!



palmas, excelente.




um beijão.
;*

Má disse...

e ah, os textos que ando postando parecem um tanto tristes,né?
como vc disse, fogem do carpe diem.

é que eu ando numa fase terrível, penando demais.

estava eu fazendo uma reavaliaçào do meu ser quando toquei em uns pontos e um caos absoluto se instalou,agora ando assim, postando textos antigos e coçando a barbar que nem tenho.


vamos ver o que virá.



um abraço, poeta

Nanda disse...

Diante do nefasto mundo em que me declaro, vc conseguiu amenizar esse sentimento sórdido com tais palavras cativantes e comoventes. Alentando, assim, minha minha alma. Parabéns. Nanda.

Vitor disse...

Vale pela beleza das palavras e do momento. Mas a promessa... bem, deixa para lá!

Abraço!

P.S.: É bom tê-lo de volta. Vc deveria ter escrito: "nunca mais abandono o meu blog" :P

louise disse...

Flavitchoooo
Adorei sua poesia, jah pensou em enveredar pela carrera literária?
continue se entregando ao mundo das palavras. +D
bjuuu,
Louise

Cla disse...

Você já sabe que eu adorei o poema.
E só porque você "esqueceu", eu digo e repito.
Adorei, senhor poeta!
Bjss

Nessa disse...

Palavras são alimentos para o coração. Esse poema,um banquete.


Amei-o.


Beijos

Jéssicute disse...

FlavinhOO!!!!

eu adorei o poema!
beijinhos
=]

Isaac disse...

Sentimento eu até tenho, mas vc precisava me ensinar a rimar. Estou falando sério! Muito maneiro o poema. Abraço.

Nat�lia Lumi disse...

Como na maioria das vezes; impressionante.

Flávio disse...

Nossa...q medo...as pessoas ressurgem do nada p/ comentar nos meus textos!!XD!!!Nossa...nossa!!!Rsrsrs...q honra!!!